Cem escovadas antes de ir para cama - Melissa Panarello

quinta-feira, 26 de outubro de 2017


Sinopse: No inverno europeu de 2002, longe dos olhos da mãe e do pai, a jovem italiana Melissa Panarello começou a escrever um diário em que relatava, sem pudores e meias palavras, as precoces e variadas experiências sexuais vividas por uma colegial entre os 15 e os 16 anos. A história de Melissa começa quando ela perde a virgindade aos 15 anos de idade. A descoberta de um mundo novo e diferente, o desejo de amar e se sentir amada e a ilusão de encontrar este sentimento através do sexo. É esse o ponto de partida para um relato que mistura de forma provocadora ficção e realidade, num vasto e surpreendente rito de iniciação sexual. Durante dois anos a protagonista do livro experimenta as mais diferentes práticas sexuais, como se desejasse, através delas, transcender o corpo. Sexo grupal com desconhecidos, orgias regadas a drogas, sadomasoquismo, homossexualismo: nada detém sua curiosidade, mas seu prazer é tingido de repulsa e insegurança. Em sua busca desenfreada, Melissa acaba caindo em um túnel escuro de humilhação e dor, onde se arrisca a perder para sempre aquilo que tem de mais precioso: ela mesma. Antes de dormir, Melissa escova cem vezes os longos cabelos, num ritual de purificação quase infantil que constitui, para o leitor, o único lembrete de que se trata, afinal, de uma menina.

Um dos motivos que transformaram 'Cem Escovadas Antes de Ir para a Cama' em sensação literária foi a tênue fronteira entre autora e personagem. Além de compartilhar com sua protagonista o nome, Melissa, a jovem autora afirma ter vivido todas as experiências narradas, trocando apenas nomes e datas. Características que fazem de seu relato uma visão da adolescência em um país onde o sexo ainda é cercado de tabus, e um retrato revelador da sexualidade neste começo do século 21.


100 escovadas antes de ir para cama provavelmente ou certamente foi o primeiro livro da linha “hot” que eu li com aproximadamente 14 anos. Estava eu em meados do 1º ano colegial (porque sim, naquela época era colegial) e vi uma amiga lendo, ai pedi emprestado e uma coisa leva a outra até que ele veio parar na minha estante. (Claro que não surrupiei o livro da garota né gente! Eu comprei um pra mim com a minha mesada de 20 reais da época).

Um pouco sobre a história: A história nada mais é do que uma espécie de diário em que a Melissa passa por uma série de situações bastante ousadas e também de descoberta pessoal. A verdade é que todo ser humano passa por alguma ou algumas fases de descoberta, eu mesma até hoje estou me descobrindo em vários sentidos, como professora, escritora, blogueira, etc.
O diário da melissa começou a ser escrito em meados dos anos 2000 quando a garota tinha apenas 15 anos de idade e manteve suas histórias e escrita por dois anos consecutivos.
Nele, Melissa retrata ser uma garota bastante jovem e ingênua em busca de conhecimento, amor e atenção, de certa forma.

Primeiras impressões: Melissa fez suas “fama” como a menina que topava tudo e, de certo, sua busca por amor foi falha, mas não sua busca por atenção. Obviamente os homens procuravam Melissa por puro interesse, afim de saciar seus desejos sexuais mais absurdos dos quais a menina se submetia sem questionar.
A leitura em si é bastante fácil e me ensinou muito sobre a vida quando eu tinha, também, apenas 15 anos recém completados.
Basicamente o diário retrata as experiências sexuais na vida da adolescente em busca de alguém para amar e enquanto procurava um sentido pára sua vida, a jovem tem uma série de decepções até encontrar a pessoa que tanto buscava.

Impressões finais: Claro que é uma leitura chocante, não apenas por ser um livro de cunho “hot”, mas, principalmente, por ser um livro escrito por uma criança, de apenas 15 anos de idade que passa por uma série de situações até de certa forma, desagradáveis. É um livro que choca e atinge bem no fundo do coração.
Imagino friamente o que passou na cabeça da mãe dessa menina quando soube das histórias daquele diário.
Claro que como toda obra chocante, o livro deu origem ao filme entitulado “Cem escovadas antes de dormir”, honestamente? Ruim. Tanto é assim que a própria autora desaprovou o filme
Por fim, Melissa disse que todas as histórias são reais e que ela vivenciou tudo aquilo mesmo.

Sobre o autor: Melissa Panarello é uma escritora erótica italiana. O seu primeiro livro, Cem Escovadas Antes de Ir para a Cama, é um diário verídico que relata sobre sua vida sexual na adolescência, em busca de alguém para amar e ser amada. No livro ela relata experiências que modificaram sua vida ou até mesmo sua personalidade, descobrindo a vida se rendendo aos prazeres carnais. Em 2005, escreveu o livro l’odore Del Tuo Respiro que ainda não tem tradução em língua portuguesa e em 2006 escreveu In Nome Dell’amore.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desça já da minha nuvem - Todos os direitos reservados - Por: Louder Design