Desça já recomenda: Bienal do Livro 2016/2017

terça-feira, 15 de agosto de 2017


Falar da paixão é fácil... Decidi fazer esse post para falar um pouco sobre a Bienal do Livro, que teve sua 24ª edição em 2016, na cidade de São Paulo onde lancei meu primeiro livro como autora "Laura Sophia Heyes". Foto de @a_garotadalivraria.


Devo dizer que demorei um pouco para repostar sobre a Bienal do Livro de 2016, de certa forma, proposital.
No ano de 2014 quando teve a Bienal do Livro de São Paulo eu fui como leitora, depois de muitos e muitos anos sem comparecer a uma Bienal, eu e minha amiga Barbara, pegamos uma fila quilométrica por quase 3 horas para conseguirmos comprar nossos ingressos.
Quando entramos, fomos pegar outra fila de 3 horas para tentar conquistar a senha que nos daria a chance de conhecer a autora Cassandra Claire (e claro, não conseguimos);
Já estressadas, com fome e com sede, fomos passear pela Bienal, na primeira hora gastamos todo o dinheiro que tinhamos em livros e simplesmente não comemos, não tomamos água e nem nada dessas coisas normais que meros mortais precisam.
Teve um dado momento que pedimos um copo de água em um estande super restrito apenas para imprensa e o segurança, fofamente, nos cedeu.
Naquele exato dia, me lembro de ter pensado "Na próxima Bienal virei como autora para poder entrar no estande e beber água a vontade"
E assim foi feito na Bienal 2016. Mas, (porque sempre tem um "mas") não pensem que foi tão simples assim.
Já vou deixar aqui uma promessa de um post para ajudar novos autores com publicações, editoras, etc.

O que é Bienal do Livro?

Bienal do Livro Rio é o maior evento literário do país, um grande encontro que tem o livro como astro principal. Para o leitor, é a oportunidade de aproximação dos seus autores favoritos e de conhecer muitos outros. São 11 dias de literatura, cultura e educação. Com espaços dedicados às atrações, o público pode participar de debates, bate-papos com personalidades e escritores, além das atividades culturais que promovem a leitura. Atraente, variada e dinâmica, a Bienal do Livro é diversão para toda a família!

Sobrevivendo a Bienal 2014 + Dicas:

Já contei um pouco ali em cima sobre minha experiência como leitora. Então vou deixar algumas dicas:
1. compre seu ingresso antecipado. A fila para comprar ingressos no evento não é a mais maravilhosa do mundo não, é bem desorganizada e cheia. O custo não é muito alto, chega na édia de uns 20 reais.
2. Leve água. A Bienal do livro de São Paulo 2014 não tinha bebedouros, e as garrafinhas de água acabaram. Além disso, a maioria das compras naquela época deveria ser feita em dinheiro já que eles não aceitavam cartões de débito em quase nenhum lugar. Claro que de 2014 para 2016 isso mudou muito! Hoje são aceitos cartões tanto para alimentação quanto para compra de livros.
3. Infelizmente, se sua intenção for conhecer algum autor, vai ter que chegar cedo, pegar fila e rezar para conseguir uma senha (o sistema ainda é bem precário nesse sentido).
4. Outra dica muito importante é levar um lanchinho de casa, a comida não é das mais baratas e não é muito bem servida.
5. Ponto positivo: Livros e mais livros muito baratos.

Minha experiência como autora (em 2016):

No ano de 2016 fui à Bienal de São Paulo como autora, com a minha primeira obra Laura Sophia Heyes. Esta obra foi publicada, na época, pela editora Autografia. O estande era pequeno e bem aconchegante, fiquei em sessão de autógrafos por exatamente uma hora naquele dia, a unica coisa que me chateou um pouco é que os outros autores não respeitaram meu horário e ficaram empurrando seus livros para os meus leitores.
Fora isso a Bienal foi um sucesso, eu queria ter feito videos, mostrado mais detidamente outros autores que eu conheci, mas não deu, infelizmente minha timidez venceu minha vontade mais uma vez.
Me lembro que um dos autores que estava presente nesta Bienal doi o Kevin Hearne, autor de "Herdeiro Jedi". Encontrei também o autor Ziraldo e tive a maior honra de poder conversar com ele e dar um exemplar do meu livro.
Contudo, naquele ano, infelizmente não comprei muitos livros porque fui com pouco tempo e pouco dinheiro, e como lancei meu livro não consegui ficar correndo atras de preciosinhos com preço acessível.
A Bienal é o lugar perfeito para quem gosta de ler, você encontra caixas e mais caixas de livros a cinco ou dez reais, várias promoções, além de poder conhecer autores brasileiros e internacionais, ganhar vários brindes e tirar muitas fotos.
Com relação aos titulos mais famosos, confesso que não achei os preços muito diferentes daqueles praticados nas livrarias convencionais.
Conheci a autora Lenni Silva, uma romancista que eu acompanhava pelo Wattpad, Gisele Souza, Fabiane Zambelli, Samanta Holtz.
A Gisele e a Fabi até me deram exemplares dos livros delas que eu já resenhei. (Só clicar no nome delas para ver as resenhas).

Coisas que mais me chamaram atenção na Bienal 2016:

- Muitos autores nacionais que eu amo.
- Comida bem melhor e mais bem organizado que na última de 2014, porém preço bem salgadinho. Qual é pessoal, vamos na Bienal para comprar livros não comer caro, ok? Fica a dica para próxima.
- Fila da bilheteria mais rápida e organizada a pesar de bem extensa.
- Esse ano disponibilizaram alguns ônibus gratuitos que levavam as pessoas do lugar da Bienal para o metrô,  A parte ruim é que a espera era de algumas horas, digo isso porque esperei duas horas e meia na fila do ônibus da volta.
- A editora Rocco fez um stand todo inspirado em Harry Potter 

- O stand da editora Aleph tinha todos os t
ítulos de star wars lançados por eles, mas os preços não eram tão bons 💔
- A papelaria Pólen  fez um stand super legal com brindes e espaço para impressão de fotos que atraiu bastante gente.
- A fila para ver a autora Carina Rossi foi tão desorganizada que eu desisti.
- Stand da Comix (que eu sempre amei por sinal) lotado e cheirava bem mal, alem de nao terem os livros de RPG e nem dados.
- Senti falta de um stand da Devir.
- Tinha um Stormtrooper em tamanho real
- Tinha o trono de Game OfThrones, mas não sentei nele porque a fila era enorme.


Nota mental: levar um  carrinho na próxima para carregar a enorme quantidade de livros e bvrindes, minhas costas doeram por dias.


Um pouco sobre Laura Sophia Heyes:
Sinopse: "Laura era uma modelo famosa em seu país. O lugar era governado por uma monarquia, a história se passa no período pós guerra e a população estava se rebelando contra o rei por não ter condições de sobrevivência. Os pais de Laura decidem se aliar ao governo e, com a ajuda da filha, veiculam notícias em favor do rei pelas mídias. Neste momento, a vida de laura muda completamente, ela sofre ameaças e ataques direcionados até que precisa decidir de que lado vai lutar." Livro lançado pela Editora Autografia na 24ª Bienal do Livro de São Paulo (2016).

Perspectiva para Bienal do Livro 2017:
Agora no ano de 2017, na 18ª edição da Bienal do Livro no Rio de Janeiro, optei por levar minha segunda obra "A garota de vegas. Ela será publicada pela editora Ella. Minha sessão de autógrafos será dia 02/09 as 12:20.

Sinopse: Nascida e criada nas ruas de Las Vegas, Meredith não teve uma vida fácil, sendo jogada de uma família de adoção para outra. Quando se viu mais velha, conseguiu trabalho em alguns cassinos, lugares propícios para unir o excelente dom do cálculo com certa experiência em jogos de azar, conquistando, assim, uma pequena fortuna. Em busca de uma formação, amigos e amor, Meredith deixa Las Vegas para cursar Química em Nova York, onde se torna presidente da irmandade Wallahy, na Universidade Venom, por meio escusos. Alcoólatra, anoréxica e muito inteligente, mas um pouco confusa e descuidada, a garota a quem todos chamam de Vegas só quer ver o circo pegar fogo e eternizar seu nome na calçada da fama, pois, como aprendeu desde cedo, a vida é um jogo.
Lembrando que se forem à Bienal, poderão comprar A garota de Vegas com um baita descontão e ainda levar brindes e marcadores autografados.
Espero encontrar meus autores preferidos por lá, conhecer novos autores brasileiros e estrangeiros, tirar muitas fotos e, dessa vez, fazer vídeos legais.
Tem degustações dos dois livros no Wattpad, nos seguintes links: LauraVegas
E maiores informações no facebook thaiscgcaldeira ou Intagram: @thaiscgcaldeira
Que venha Bienal 2017 cheia de amor 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desça já da minha nuvem - Todos os direitos reservados - Por: Louder Design