Harry Potter e a criança amaldiçoada – J.K. Rowling

quarta-feira, 19 de julho de 2017


Sinopse: Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele é um sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia, marido e pai de três crianças em idade escolar. Enquanto Harry lida com um passado que se recusa a ficar para trás, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar com  o peso de um legado de família que ele nunca quis. À medida que o passado e presente se fundem de forma ameaçadora, ambos, pai e filho, aprendem uma incômoda verdade: às vezes as trevas vêem de lugares inesperados.


Eu ganhei! Sim, sim, ganhei o livro mais lindo do mundo todinho da minha irmã de aniversário. Quando ela me deu, o livro ainda estava em pré-venda apenas na versão em inglês (Harry Potter and the cursed child). Depois que saiu a versão em traduzida para o português da obra, algumas pessoas me falaram que tinham erros bem feitos como, por exemplo, a famosa plataforma 9 ¾ aparecer como “nove e meia”, mas confesso que eu realmente não vi e, portanto, não posso opinar sobre a versão em português.
De qualquer forma estava muito animada com o lançamento do livro, quem me acompanha já há algum tempo e já me acompanhava nas redes sociais e antes de perder completamente meu blog e ter que criar um completamente novo (sim, antes que perguntem, vou refazer todas as resenhas), já conhece meu amor completo e absoluto pelo universo de Harry Potter.
Na verdade, Harry Potter é uma das séries que tento ter tudo, mas cada vez sai mais coisas e está ficando bem difícil, em termos de livros, acho que falta três daqueles grandes e um de colorir pelo que eu lançou até o momento.
Se quiserem deixem um comentário ali ou lá no facebook ou no instagram que posso fazer um vídeo com toda a minha coleção de Harry Potter até o momento, eu até fiz um sobre Star Wars, mais como um guia de leitura, mas ainda não consegui editar, então deve demorar um pouco, mas assim que eu conseguir eu posto em algum lugar o link do youtube.
Agora vamos ao que interessa.
Um pouco sobre a história:
Alvo Severo Potter, o filho mais novo de Harry e Gina é o protagonista da rodada, no seu primeiro ano em Hogwarts, Alvo é convencido, logo no trem (expresso de Hogwarts) pela sua prima Rosie (filha de Hermione e Rony Weasley) que o garoto deve procurar um amigo, que provavelmente será seu melhor amigo para vida inteira como Harry, Rony e Hermione foram.
Alvo acaba encontrando um garoto que estava sozinho também, este que não era ninguém menos que Scorpio Malfoy, filho único de Draco.
Daí para frente a história começa a se desenrolar, além do preconceito que os primos tem pelo passado da família Malfoy, Alvo não tem sequer uma sombra de seu pai, exceto a vontade de provar seu valor. O menino não sabe voar, tem fortes inclinações para ser um sonserino e, de quebra, se tornou amigo de Scorpio.
Entre idas e vindas, Alvo encontra uma forma de provar que ele também é um bom bruxo, ainda que muito diferente do seu pai e com a ajuda de Scorpio decidem trazer Cedrico de volta à vida com o uso de um vira-tempo.
Primeiras impressões:
O livro que foi baseado em uma peça da Brodway, nada mais é do que o próprio roteiro da peça, então ele é escrito em cenas/atos. A parte ruim é que os anos de Alvo em Hogwarts são bem corridos, uma vez que o livro começa com Alvo embarcando em seu primeiro ano em Hogwarts, mas o foco da história se passa no quarto ano.
Impressões finais:
Alvo seu burro.
Sobre a autora:
J. K. Rowling tornou-se uma escritora de sucesso através das façanhas de seu personagem mais famoso e querido do público, Harry Potter. O mago que encantou o mundo em suas deliciosas aventuras contadas em uma série de 7 livros. Nascida em 1965 em Yate, na Inglaterra, Rowling gostava muito ler contos como: O Vento nos Salgueiros e O Cavalinho Branco, sendo influenciada por diversos autores do gênero. Traduzidos em mais de 64 línguas, seus livros. (fonte livraria cultura).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desça já da minha nuvem - Todos os direitos reservados - Por: Louder Design